O ator Armando Babaioff gerou polêmica nas redes sociais ao relatar uma desavença que teve com Frederick Wassef, advogado da família Bolsonaro, em São Paulo. O artista, que está no ar atualmente na reprise de “Ti Ti Ti”, da Globo, contou o ocorrido em um post feito na terça-feira, 7, que posteriormente foi deletado do Twitter. “Estou em São Paulo trabalhando, estava indo almoçar e acabei de encontrar o Wassef tomando um café. Não resisti. Chamei de bandido e mandei tomar no c*! (risos) Ele veio correndo atrás de mim!”. Após o ocorrido, Wassef abriu um Boletim de Ocorrência contra o ator dizendo que “foi vítima foi vítima de ameaça, injúria, calúnia e difamação”.

“A vítima compareceu à delegacia informando que estava no interior de uma padaria quando o autor se aproximou na companhia de um colega e ao reconhecê-lo passou a lhe proferir xingamentos e ameaças. Posteriormente, a vítima soube em sites de notícias que o agressor teria propagado fake news, com informações distorcidas do que realmente havia acontecido. O caso foi registrado pelo 15º DP e é investigado”, informou a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo à Jovem Pan. Nesta quarta-feira, 8, o ator se pronunciou sobre o assunto pelas redes sociais: “Mais uma mentira descabida desse senhor. Eu jamais ameaçaria alguém, inclusive o que foi dito por ele não procede, tenho testemunhas que podem confirmar o que aconteceu. Lamentável, Sr. Wassef”. Armando limitou os comentários da publicação. 

Print do tweet do ator Armando Babaioff

Print do post feito pelo ator Armando Babaioff no Twitter – Fonte: Reprodução/Twitter/babaioff