A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) definiu nesta sexta-feira, 13, a escala de arbitragem para os jogos de volta das quartas de final da Copa Libertadores da América. O duelo entre Palmeiras e São Paulo, que define o primeiro classificado para as semifinais, marcado para terça-feira, 17, no Allianz Parque, será apitado pelo experiente Wilmar Roldán, da Colômbia, que terá o auxílio dos compatriotas Dinoísio Ruíz e Carlos Ortega em campo, além de Julio Bansuñán no VAR. No dia seguinte, o Flamengo recebe o Olimpia, do Paraguai, no Maracanã, em jogo que terá Jesus Valenzuela, da Venezuela, como juiz principal. Ele terá o apoio dos bandeiras conterrâneos Tulio Moreno e Lubin Torrealba, fora Jhon Ospina, no árbitro de vídeo.

Já o confronto entre Atlético-MG e River Plate, em Minas Gerais, no Mineirão, também na quarta-feira, terá no comando do apito o chileno Roberto Tobar. Ele trabalhará com Christian Scheimann e Claudio Rios, ambos do Chile, além do uruguaio Andrés Cunha, que estará na sala do VAR. Por fim, o jogo Barcelona de Guayaquil e Fluminense, a ser disputado no Equador, na quinta-feira, terá o trio uruguaio Esteban Ostojich, Carlos Barreiro e Pablo Llarena em campo. O peruano Victor Carrillo será o árbitro de vídeo.