O Grêmio emitiu uma na tarde desta segunda-feira, 16, para se pronunciar sobre o vídeo de uma festa promovida por jogadores do clube no último domingo, um dia depois da derrota diante do São Paulo, que afundou ainda mais o time na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Apesar da repercussão negativa nas redes sociais, a diretoria do Tricolor entendeu que o evento, realizado na cidade de Canoas (RS) para comemorar o aniversário do zagueiro Paulo Miranda, aconteceu “dentro das normas municipais vigentes para realização de eventos, com limite de convidados e respeito aos protocolos”. Nas imagens que circulam na web, no entanto, vários atletas, como Rafinha, Pedro Geromel e Diego Souza, por exemplo, aparecem sem máscara de proteção contra o novo coronavírus. 

Confira a nota do Grêmio na íntegra:

O Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense vem a público informar a sua torcida e demais interessados que tomou conhecimento, na manhã desta segunda-feira, de um vídeo que exibe jogadores do Clube em uma confraternização.

Imediatamente, o Conselho de Administração e o Departamento de Futebol se reuniram com os atletas envolvidos, para buscar os esclarecimentos que seguem:

– Os jogadores estavam comemorando o aniversário de um companheiro, ao lado de suas famílias e filhos e após cumprirem a sessão de treinamentos do domingo;

– O encontro aconteceu em um buffet infantil na cidade de Canoas, entre 18h e 24h;

– A festa foi organizada dentro das normas municipais vigentes para realização de eventos, com limite de convidados e respeito aos protocolos.

Ressalta-se, ainda, que os jogadores do Grêmio são orientados continuamente sobre os procedimentos de prevenção à COVID-19 e mantém rígido controle de saúde na rotina de treinamentos e jogos.