Mikis Theodorakis, célebre compositor grego e marxista incendiário que travou uma guerra verbal e musical contra uma junta militar infame que meio século atrás o encarcerou, o exilou como revolucionário e baniu seu trabalho, morreu na última quinta-feira em sua casa no centro de Atenas. Tinha 96 anos.
Leia mais (09/05/2021 – 14h19)