O ator Luis Gustavo morreu na manhã deste domingo, 19, aos 87 anos, vítima de um câncer no intestino, em Itatiba, no interior de São Paulo. A notícia foi confirmada pelo sobrinho do profissional da Rede Globo, Cassio Gabus Mendes, através do Instagram. Reconhecido nacionalmente por suas atuações, Luis iniciou a carreira nos anos 1950, sendo o protagonista da novela Beto Rockfeller, da TV Tupi. Depois, emplacou várias novelas e filmes. Alguns de seus personagens mais conhecidos foram o costureiro Ariclenes Almeida/Victor Valentin na primeira versão de “Ti-ti-ti”, o playboy Ricardo em “Anjo mau”, o radialista corrupto Juca Pirama em “O Salvador da Pátria” e mais recentemente, o tio Vavá, de “Sai de baixo”.

Tatá, como era conhecido no meio artístico, também participou de outras atrações importantes da Rede Globo, como da novela “Malhação”, em 2012, e do seriado “As Cariocas: A Invejosa de Ipanema”, em 2010. Ele esteve ainda em “Xuxa Especial de Natal – no Mundo da Imaginação”, em 2003. Em nota, a emissora carioca lamentou a morte do ator. “Luis Gustavo sempre se dedicou à comédia. Dizia que as crianças eram seus grandes professores: se não riam, o personagem não estava pronto. O intérprete dos eternos Mario Fofoca e tio Vavá nos deixa hoje, dia 19, aos 87 anos, em decorrência de complicações por conta de um câncer no intestino”, diz um trecho do comunicado.