Depois de apertar o botão do elevador que leva ao 42º andar do edifício Mirante do Vale, no centro de São Paulo, o visitante chega a um espaço de visitação que ainda está recebendo os últimos retoques para a inauguração. Nos cerca de 700 metros quadrados do lugar, há um café perto da entrada, mesas e cadeiras, mas tudo não passa de cenário para a verdadeira atração -os dois deques de vidro, transparentes no chão, nas laterais e no teto, que funcionam como um mirante a 150 metros de altura sobre a capital.
Leia mais (08/05/2021 – 12h59)