Sempre é bom revisitar Nelson Rodrigues, e o diretor Daniel Filho o faz com reverência, talento e sem trair a peça original na terceira adaptação para o cinema de Boca de Ouro. No papel-título, Marcos Palmeira é o bicheiro de Madureira que foi assassinado e, para investigar o crime, o repórter Caveirinha (Silvio Guindane) vai atrás de dona Guigui (Malu Mader), ex-amante do Boca de Ouro. Em pouco mais de noventa minutos, o roteiro mostra três versões do envolvimento do bandido com o casal Leleco (Thiago rodrigues) e Celeste (Lorena Comparato). O elenco afinado parece se deliciar com o texto rodriguiano e, a cada reviravolta na história, eles precisam mudar de personalidade, o que só enriquece as atuações. Estreou em 12/11/2020.