Após ficar sete meses fechados e reabrir em outubro, o Petra Belas Artes vai baixar as portas no dia 7 de dezembro. A atual falta de público, segundo os responsáveis, tornou o cinema financeiramente insustentável.

“Infelizmente os cinemas terem ficado fechados 2 meses mais que os demais locais na cidade causou na população a impressão de que estes são os locais mais perigosos. E, mesmo reabertos, o público não retornou…”, postou nas redes sociais nesta sábado (14) Andre Sturm, ex-secretário de Cultura de SP e diretor do Petra.

“No último final de semana, fizemos 8% do público do mesmo final de semana em 2019! Não dá para manter aberto. Como em dezembro ainda é possível suspender os salários e a equipe receber do governo, fecharemos o Belas neste mês”, afirmou Sturm.

O Petra tinha reaberto no dia 10 de outubro, em uma sessão na qual 32 pessoas assistiram a Apocalipse Now. O plano era que o cinema passasse a exibir pré-estreias, estreias, reprises e filmes clássicos. Mas o alto custo de manutenção (de 150 000 reais por mês) levou as salas, que tinham patrocínio da cervejaria Petra, a suspender a operação.

Continua após a publicidade