Mesmo não sendo tão comum no Brasil, é muito fácil associar as galochas às pessoas que gostam de fazer atividade ao ar livre ou para trabalho. Deise Zuqui, sempre antenada na moda, diz que essas botas de borracha saíram da lama ao luxo, porque se transformaram em um acessório de moda com o passar do tempo.

As galochas são itens extremamente funcionais. Muito antes de virar uma peça fashionista, ela já exercia funções importantes para a segurança, como em dias de chuva e frio, parte de uniformes ou para trabalho. Como foram criadas, inicialmente, para fins funcionais, ninguém poderia imaginar que um dia  acessório seria requisitado pela indústria da moda. Mas como isso aconteceu e como inseri-la no dia a dia?

Deise Zuqui conta que marcas que produziam as galochas começaram a inovar em estilo diferentes para que pudessem abranger ainda mais ocasiões e com finalidades distintas. Lugares onde o clima é chuvoso e com neve determinaram o aumento da popularidade do que viriam a ser botas estilo galochas. A febre foi tão grande que celebridades de nome fizeram uso do acessório. O reconhecimento dos países nórdicos chegou no Brasil. 

Esse calçado cheio de estilo e com milhares funcionalidades passou a ser usado por muitas brasileiras, que acharam vários estilos para compensar o uso em dias frios e sem neve. Entre os diversos modelos, o de cano curto foi o que mais se adaptou por aqui. Acompanhe como criar outfits modernos e com muita personalidade.

Para trabalhar, o ambiente pede mais formalidade, então Deise Zuqui diz que a melhor alternativa é apostar em galoca de bico fino e preta, que podem combinar com uma calça skinny, pantalona ou um vestido. Para um look mais casual ou até de sair, as opções podem variar entre as discretas ou com estampas, dependendo do gosto. A produção certamente será de atitude, seja com saia, calças, shorts e vestidos. Aposte na versatilidade. Combine também com acessórios como correntes, brincos e anéis. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui