Sucessora da Cosac Naify, Ubu faz cinco anos com uma série de debates e sorteios

0
0

Mais do que o fim da Cosac Naify, dezembro de 2015 marcou uma espécie de esquartejamento. A editora que por lépidos 20 anos impactou o mercado de livros no Brasil pela elegância e pelo risco estético se deparou com os limites do mecenato, e coube a outras casas, grandes e pequenas, abocanharem o que podiam do banquete.
Leia mais (09/19/2021 – 15h00)