Donos de animais domésticos dormem na fila para conseguir uma das 20 senhas distribuídas por dia na unidade do Tatuapé. Cidade tem apenas três hospitais veterinários públicos. Vídeo: Hospital veterinário públicos na Zona Leste de SP têm aglomeração e fila de espera para atendimento
Dezenas de pessoas aguardavam atendimento para seus animais domésticos no hospital veterinário municipal da Zona Leste de São Paulo na madrugada desta quarta-feira (12).
A fila começou a ser formada um pouco antes da meia-noite. Há dois dias, Jorge tenta passar por um especialista para conseguir agendar uma cirurgia para seu cachorro, que caiu do terceiro andar e fraturou uma das patinhas.
“Aqui o problema é que eles entregam 20 fichas. E, para isso, a gente tem que madrugar. A gente chegou aqui não era nem 1h da manhã”, conta ele.
A unidade é uma das três que oferecem esse tipo de serviço na cidade. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h.
Jorge tenta atendimento para seu cachorro há dois dias na unidade.
Reprodução/TV Globo
Unidades:
Zona Norte: Av. General Ataliba Leonel, 3.194 – Parada Inglesa
Zona Leste: Av. Salim Farah Maluf, esquina com Rua Ulisses Cruz, lado par – Tatuapé
Zona Sul: Rua Agostino Togneri, 153 – Jurubatuba
As senhas para consultas são distribuídas no local a partir das 6h. Os casos de urgência e emergência, estabelecidos a critério médico, são priorizados.
Todos os hospitais oferecem serviços gratuitos de consultas, cirurgias, exames laboratoriais, medicação e internação aos animais. No total, são nove especialidades: clínica geral, oftalmologia, cardiologia, endocrinologia, neurologia, oncologia, ortopedia e odontologia.
Para ser atendido, o responsável pelo animal deve comparecer com comprovante de residência no Município em seu nome, além de RG e CPF.
VÍDEOS: Veja mais notícias de São Paulo e região metropolitana: