A cidade de São Paulo iniciará na próxima segunda-feira, 8, a segunda fase da imunização contra o novo coronavírus. Esta etapa focará em idosos acima de 90 anos e terá cinco pontos de drive-thru para que a vacina seja aplicada dentro de veículos. As doses ainda serão distribuídas em 468 Unidades Básicas de Saúde (UBS) e em quatro escolas. O governo também irá mobilizar equipes do Programa Saúde da Família (PSF) para aplicar as vacinas nas residências de idosos acamados. A meta do governo da capital é imunizar 32,837 pessoas nesta fase. Segundo Edson Aparecido, secretário de Saúde da cidade de São Paulo, já foram imunizados mais de 24 mil idosos na primeira etapa da campanha. Os pontos de drive-thru serão distribuídos em todas as regiões de São Paulo: Praça Charles Miler – Estádio do Pacaembu (Centro e Zona Oeste), Autódromo de Interlagos (Zona Sul), Estádio Neo Química – Arena Corinthians (Zona Leste), Anhembi (Zona Norte), Igreja Boas Novas (região Sudeste). Os pontos para imunização dentro dos veículos funcionarão das 8h às 17h, enquanto o atendimento nas unidades de saúde e centros de educação se estenderão das 7h às 19h.

A vacinação de pessoas entre 85 e 90 anos deve iniciar em 15 de fevereiro. O governo também afirmou que a imunização dos profissionais da saúde deve chegar a 100% na próxima semana, e que a partir de terça-feira, 9, deve convocar os servidores com mais de 60 anos para receber a dose. Segundo Regiane de Paula, coordenadora do controle de doenças da Secretaria de Estado da Saúde, os demais municípios de São Paulo devem desenvolver estratégias próprias para a imunização dos idosos acima de 90 anos, seja através de drive-thru ou em visitas domiciliares. “Cada município tem capacidade de olhar para o seu território e fazer a estratégia que for melhor para a população”, afirmou. O governo também pede para que quem desejar tomar a vacina se cadastre em www.vacinaja.sp.gov.br para dar agilidade à organização das campanhas. O cadastro, porém, não é obrigatório para receber a dose e pode ser feito por familiares dos idosos.