De 19h de sábado às 7h do domingo, 13 pontos de drive-thru e três megapostos ficaram abertos para a imunização de jovens de 18 a 21 anos. Sábado (14) registrou recorde de aplicações da vacina num único dia: 268.770 mil doses até 19h. Virada da Vacina: 286 mil pessoas foram vacinadas em 24h na cidade de SP
Após 34 horas ininterruptas com a “Virada da Vacina”, mais de 500 mil pessoas com mais de 18 anos foram imunizadas na capital paulista, segundo Edson Aparecido, secretário municipal da Saúde, informou à GloboNews.
“Acabamos de fechar os números da Virada da Vacina. Foram registradas no nosso sistema 471.350 doses, temos ainda 32 mil doses que não subiram no sistema. Ultrapassamos 500 mil doses aplicadas em 34 horas na capital”, afirmou o secretário.
Segundo Aparecido, com isso, a cidade chega a 98,5% da população com mais de 18 anos com pelo menos uma dose da vacina contra a Covid aplicada. “Agora pretendemos, segunda e terça-feira, terminar de completar a vacinação para alcançar 100% das pessoas com mais de 18 anos com a primeira dose na capital.”
Neste final de semana acontece a “Virada da Vacina”, com 34 horas seguidas de imunização na capital paulista. O objetivo eraé vacinar os cerca de 600 mil jovens de 18 a 21 anos. O sábado (14) registrou o recorde de aplicações da vacina num único dia: foram 268.770 mil doses até 19h. Destas, 215.029 foram de primeira dose, 53.734 de segunda e sete doses únicas.
Após quase 7 meses, vacina contra Covid chega a grupo de 18 anos na cidade de SP; relembre campanha e saiba quais os próximos desafios
VÍDEO: Cidade de São Paulo tem 34 horas de vacinação em “Virada da Vacina”
Após às 19h do sábado, as UBS e AMAs da cidade fecharam, e até 7h deste domingo a população contou com 16 pontos de vacinação, sendo 13 drive-thrus e 3 megapostos .
Neste período, o drive-thru que mais vacinou foi o do Anhembi, na Zona Norte da cidade, com 1.825 vacinas aplicadas. Em seguida, estão os drive-thrus do Shopping Anália Franco (1.779) e o da Arena Corinthians (1.584), ambos na Zona Leste da capital.
Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, até às 7h deste domingo, a capital chegou a 96,5% da população adulta vacinada com a primeira dose e 40,5% com a segunda dose ou dose única. Em quase sete meses de campanha de vacinação, foram 12.331.158 doses aplicadas, entre 1ª, 2ª dose e dose única.
‘Virada da Vacina’ na cidade de SP imuniza contra Covid jovens de 18 a 21 anos até as 17h do domingo
Na inauguração da UPA Vila Mariana na manhã deste domingo (15), o prefeito Ricardo Nunes comemorou os números da ação. “A adesão foi muito grande, acho que foi muito acertado fazer a Virada da Vacina, e agora a gente vai até às 17h de hoje vacinando”.
Postos de drive-thru registraram longas filas durante a madrugada na ‘Virada da Vacina’
TV Globo
Os pontos de vacinação na madrugada registraram longas filas de veículos. De acordo com o site “De Olho na Fila”, da Prefeitura de São Paulo, às 23h30 de sábado, 11 postos de drive-thru tinham filas longas, dois filas médias e apenas um estava sem movimento.
Nas redes sociais, uma pessoa relatou que encarou seis horas de espera no Clube Athlético Paulistano, na Zona Sul. “Desorganização no trânsito em volta, porém lá dentro tudo maravilha. Ufa, filha vacinada”.
Já no começo da manhã deste domingo, a movimentação era tranquila nos pontos de drive-thru e megapostos da capital.
Megaposto da FMU, em Santo Amaro, registrou longas filas para vacinação na noite de sábado, 14 de agosto, na ‘Virada da Vacina’
TV Globo
A vacinação nos pontos de drive-thrus contou com apresentações de DJs e coletivos culturais para atrair os jovens e comemorar a chegada a faixa etária acima de 18 anos.
A DJ Flávia Durante, que está há mais de 20 anos na área, tocou na tarde deste sábado no ponto de imunização da galeria Prestes Maia, no Centro da cidade.
“Já toquei em tudo quanto é lugar, e nunca imaginei tocar em uma campanha de vacinação. Mas foi incrível, foi bem emocionante ver o pessoal mais jovem sendo vacinado”, disse a artista.
A DJ Flávia Durante, que está há mais de 20 anos na área, tocou na tarde deste sábado no ponto de imunização da galeria Prestes Maia, no Centro da cidade.
Arquivo pessoal/Hector Lima
Já o drive-thru do Shopping Aricanduva, na Zona Leste, contou com a animação do coletivo ‘Je Treme Mon Amour’. Os DJs tocaram paródias que faziam referência à vacina, como o funk que diz: “”Toma vacina, toma vacina, faz a posição que eu empurro a seringa”.
A produtora de eventos Nina Souza contou que as profissionais de saúde foram homenageadas pela equipe do drive-thru da Aricanduva.
No drive-thru do Anhembi, apresentam-se os DJs do Minhoqueens Mama Darling (Fernando Magrin) e William Medeiros; do Agrada Gregos, Nathalia Takenobu, Dan Rodrigues e Diogo Rodrigues; e, do Desculpa Qualquer Coisa, a DJ Renata Corr. A apresentação teve início às 8h do sábado e vai até às 17h do dia 15.
DJ Renata Corr, do coletivo ‘Desculpa Qualquer Coisa’, no drive-thru do Anhembi na manhã deste domingo (15)
Marcus Vinicius/Globonews
No Memorial da América Latina, apresentam-se os DJs de Pardieiro, Leandro Pardí, Brenda Ramos, Gustavo Oliveira e Adan Stoniker; e, do Samba do Sol, Marina Lopes e Ivan Mendes. As apresentações acontecem das 9h às 17h deste domingo.
A “Virada da Vacina” vai até às 17h deste domingo. Além da aplicação da primeira dose no público-alvo, a Prefeitura de São Paulo também aplica a segunda dose da vacina AstraZeneca neste fim de semana, já que muitas pessoas não conseguiram se vacinar entre quinta (12) e sexta (13) por falta de doses do imunizante.
Jovem se vacina no drive-thru do Anhembi na manhã deste domingo, 15 de agosto, na Virada da Vacina
Marcus Vinicius/Globonews
Música ao vivo em um ponto de vacinação da ‘Virada da Vacina’
TV Globo