Dos 55 parlamentares eleitos, 21 são novos na Casa. Renovação foi menor do que em 2016, mas diversidade da Câmara aumentou. Plenário da Câmara Municipal de SP em foto de julho de 2020
Anderson Lira/Framephoto/Estadão Conteúdo
Dos 55 vereadores eleitos neste domingo (15) para a Câmara Municipal de São Paulo, 21 não fazem parte do Parlamento atual.
Os outros 33 foram eleitos diretamente para o cargo em 2016, e Celso Giannazi (PSOL) assumiu o mandato como suplente após a saída de Sâmia Bonfim (PSOL) para a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp).
Isso significa que 62% da próxima legislatura é composta por vereadores reeleitos, e 38% são responsáveis pela renovação da Casa.
Em 2016, dos 55 vereadores, 33 conseguiram se reeleger, o que representou renovação de 40% de vereadores.
Veja os candidatos a vereador eleitos em SP e como fica a composição da Câmara
Câmara de SP elege 2 mulheres a mais do que em 2016 e vai a 13 vereadoras
Entre os reeleitos estão alguns dos mais bem votados, como Eduardo Suplicy (PT), Milton Leite (DEM) e Fernando Holiday (Patriota).
Apesar da pouca renovação, a composição está mais diversa. Entre os 10 vereadores mais bem votados estão dois transexuais – Erika Hilton (PSOL), com 50.508 votos e Thammy Miranda (PL), com 43.321 votos.
O número de mulheres também cresceu, passando de 11 para 13. Entre as eleitas, quatro mulheres se declaram como pretas – Erika Hilton (PSOL), Luana Alves (PSOL), Elaine do Quilombo Periférico (PSOL) e Sonaira Fernandes (Republicanos). Juliana Cardoso (PT) se declara indígena.
Mesmo com um alto índice de reeleição, PT e PSDB, que têm as maiores bancadas, perderam cadeiras e agora cada um conta com 8 representantes cada. Já o PSOL triplicou o número de vereadores, de 2 eleitos em 2016 para 6 neste ano, e se tornou a terceira maior bancada da Câmara.
Toninho Paiva, que tentava se reeleger pela sétima vez consecutiva, não se reelegeu. Assim como ele, outros que acumulavam mandatos e não conseguiram se eleger estão Police Neto e Soninha Francine.
Veja quem são os 5 vereadores mais votados de SP
Veja os candidatos reeleitos (do partido com mais representantes para o com menos):
Eduardo Suplicy (PT)
Donato (PT)
Alessandro Guedes (PT)
Jair Tatto (PT)
Juliana Cardoso (PT)
Senival Moura (PT)
Alfredinho (PT)
Arselino Tatto (PT)
Rute Costa (PSDB)
Eduardo Tuma (PSDB)
João Jorge (PSDB)
Tripoli (PSDB)
Aurélio Nomura (PSDB)
Fabio Riva (PSDB)
Celso Giannazi (PSOL)
Toninho Vespoli (PSOL)
Milton Leite (DEM)
Adilson Amadeu (DEM)
Dra Sandra Tadeu (DEM)
Ricardo Teixeira (DEM)
André Santos (REPUBLICANOS)
Atilio Francisco (REPUBLICANOS)
Dr Milton Ferreira (PODEMOS)
Rodrigo Goulart (PSD)
Edir Sales (PSD)
George Hato (MDB)
Fernando Holiday (PATRIOTA)
Janaína Lima (NOVO)
Camilo Cristófaro (PSB)
Eliseu Gabriel (PSB)
Isac Félix (PL)
Paulo Frange (PTB)
Gilberto Nascimento Jr (PSC)
Rinaldi Digilio (PSL)
Veja os candidatos da renovação (do partido com mais representantes para o com menos):
Carlos Bezerra (PSDB)
Sandra Santana (PSDB)
Erika Hilton (PSOL)
Silvia da Bancada Feminista (PSOL)
Luana Alves (PSOL)
Elaine do Quilombo Periférico (PSOL)
Eli Corrêa (DEM)
Missionário José Olimpio (DEM)
Sansão Pereira (REPUBLICANOS)
Sonaira Fernandes (REPUBLICANOS)
Ely Teruel (PODEMOS)
Danilo do Posto de Saúde (PODEMOS)
Felipe Becari (PSD)
Delegado Palumbo (MDB)
Marcelo Messias (MDB)
Rubinho Nunes (PATRIOTA)
Marlon do Uber (PATRIOTA)
Cris Monteiro (NOVO)
Thammy Miranda (PL)
Roberto Tripoli (PV)
Faria de Sá (PP)
Composição da Câmara de SP
Arte/G1
VÍDEOS: Conheça a Câmara de SP