As cidades do Vale do Paraíba e da região bragantina registraram 65.302 casos confirmados de coronavírus e 1.636 mortes. Informação é das secretarias municipais de saúde. Primeiros casos na região foram registrados em 18 de março. Coronavírus (Covid-19)
Hellen Souza/ Arte-G1
As cidades do Vale do Paraíba e da região bragantina registraram 65.302 casos confirmados de coronavírus e 1.636 mortes. O número teve alta cerca de mil novos casos e 22 novas mortes em uma semana. (Leia mais abaixo)
Nas 39 cidades do Vale do Paraíba, Serra da Mantiqueira e litoral norte são 56.219 casos de infectados pela Covid-19, sendo 1.454 mortes. Já nas sete cidades que compõem a região bragantina são 9.083 casos, sendo 182 óbitos.
Os dados são do levantamento do G1, feito com base nos boletins divulgados pelas prefeituras até às 19h desta sexta-feira (20).
MAPA DO CORONAVÍRUS: as cidades com infectados e o avanço dos casos
Saiba tudo sobre o novo Coronavírus
No balanço semanal feito pela reportagem, no dia 14 de novembro, eram 64.634 casos confirmados de coronavírus e 1.614 mortes.
Os números de novos casas voltaram a crescer em todas as cidades do Vale do Paraíba e Região, a prova disso é o resultado da média móvel desta sexta-feira (20), que apresentou o número de 238 pontos, um crescimento de 8,18% em comparação a última semana.
Após nove dias sem óbitos pela doença, Jacareí voltou a registrar novas mortes por Covid-19. De acordo com a Secretaria de Saúde, nesta sexta-feira (20) foram confirmados três óbitos.
Em São José dos Campos, após os novos números, a prefeitura informou que se prepara para uma segunda onda da doença e reavalia a flexibilização das atividades comerciais. De acordo com a gestão, a Secretaria de Saúde vai analisar um estudo que aponta as atividades comerciais com maior risco de contágio e repensar as regras que estão estabelecidas para o funcionamento. Não foi definido um prazo para que a medida seja adotada.
Na cidade, o volume de internações teve alta de 40% em uma semana. Na úlrima sexta-feira (13) eram 40 pessoas internadas em hospitais públicos e particulares pela doença. Até essa sexta-feira (20) o número de internações havia subido para 56.