Agente dirigia carro oficial quando bateu em dois carros que aguardavam em semáforo na zona Sul. Segundo a Polícia Civil, ele foi embora do Plantão Policial sem fazer exame e acompanhado por superior da PF. Delegado da Polícia Federal é suspeito de dirigir embriagado e provocar acidente em Ribeirão Preto, diz Polícia Civil
Reprodução
Um delegado da Polícia Federal (PF) é investigado por suspeita de dirigir embriagado e provocar um acidente de trânsito enquanto usava carro oficial em Ribeirão Preto (SP).
O caso foi registrado na Polícia Civil como embriaguez ao volante e favorecimento pessoal, já que o agente deixou a delegacia acompanhado por um superior dele, sem autorização, no momento do registro da ocorrência.
Em nota, a Polícia Federal informou que o caso está sendo investigado administrativamente.
Colisão
O acidente aconteceu no dia 14 de novembro, por volta das 21h20, quando o delegado tentou ultrapassar dois carros no semáforo do cruzamento da Avenida Senador César Vergueiro com a Avenida Portugal.
Consta no boletim de ocorrência que o delegado perdeu o controle da direção e colidiu com os carros, que aguardavam a mudança da fase do semáforo. Em seguida, o veículo bateu no muro de um condomínio e ficou destruído.
Delegado da PF, suspeito de dirigir embriagado, provocou acidente em Ribeirão Preto
Reprodução
Suspeita de embriaguez
Ainda segundo o registro, policiais militares atenderam a ocorrência e suspeitaram da embriaguez do delegado devido ao odor etílico que ele apresentava. Ao ser questionado, no entanto, o suspeito não respondeu se havia consumido bebida alcóolica.
O delegado foi conduzido à Central de Polícia Judiciária, no Centro, e a Polícia Civil avisou a superintendência da PF sobre o acidente.
Consta no boletim que, enquanto aguardava para ser atendido, o delegado recebeu a visita de um funcionário da PF de alto escalão e foi embora, sem fazer exame para analisar a suspeita da embriaguez.
A Polícia Militar tentou contato com o funcionário da PF, para pedir que ele voltasse ao Plantão Policial com o delegado, mas ele não atendeu à solicitação.
Os carros dos motoristas atingidos pelo veículo oficial da PF ficaram danificados.
Veja mais notícias da região no G1 Ribeirão Preto e Franca