Em boletim, os médicos informaram que o governador ‘seguirá com repouso domiciliar’. Governador de São Paulo, João Doria (PSDB), durante coletiva no Palácio dos Bandeirantes, na zona sul da capital, nesta tarde de quarta-feira, 18
MISTER SHADOW/ASI/ESTADÃO CONTEÚDO
O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), teve alta nesta sexta-feira (3), após passar por uma cirurgia para a correção de uma hérnia inguinal.
Em boletim, os médicos informaram que o governador “seguirá com repouso domiciliar”.
Doria, disse, na manhã desta sexta-feira (3), em suas redes sociais, que a cirurgia hérnia foi bem-sucedida e em breve deixaria o hospital.
O governador foi internado na quinta-feira (2) no Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo, para passar por uma cirurgia de hérnia inguinal. O procedimento foi realizado nesta manhã.
Doria comenta sobre cirurgia nas redes sociais
Reprodução/Twitter
Ele não se afastou do cargo e seguiu despachando do hospital.
Em boletim divulgado posteriormente pelo hospital, a equipe médica afirma que o procedimento ocorreu sem intercorrências e o paciente segue em pós-operatório habitual no hospital.
“O Governador João Doria foi submetido, na manhã desta sexta-feira, ao tratamento cirúrgico de hérnia inguinal direita. O procedimento ocorreu sem intercorrências e o paciente segue em pós-operatório habitual no Hospital Israelita Albert Einstein”, diz a nota.
Operação
A hérnia inguinal é a protrusão de uma pequena porção do intestino e, normalmente, aparece na virilha. O procedimento será feito por um cirurgião do aparelho digestivo (leia nota abaixo).
Em coletiva do dia 11 de julho, o governador disse que sentia dores na coluna, mas que aguentaria até a data da cirurgia anunciada, inicialmente, para o dia 6 de agosto. Mas a cirurgia foi adiada porque o governador foi diagnosticado, pela segunda vez, com Covid-19, no dia 15 de julho.
“Com toda transparência, eu de fato terei que me submeter a uma cirurgia, tive que programar para o dia 6 de agosto, embora a recomendação médica foi para que a cirurgia fosse feita de imediato. Mas eu ponderei aos médicos, a cirurgia é de hérnia, os que já tiveram essa intervenção sabem como a dor incomoda, e me incomoda principalmente, como esta incomodando agora, quando fico de pé e um longo período de pé”, disse Doria.
O governador informou ainda que tomava analgésicos para aguentar a dor. “Eu estou acostumado com a dor, vou aguentar a dor, você disciplina a mente e o corpo para a dor e aprendi com meu pai, não tem problema [esperar até a data da cirurgia]”, disse.
Nota do governo
“O governador João Doria foi internado nesta noite (02), no Hospital Israelita Albert Einstein, para procedimentos preparatórios para cirurgia de correção de hérnia inguinal.
A internação ocorreu após o governador cumprir agenda no interior de São Paulo, audiências no Palácio dos Bandeirantes e participar da reunião semanal do PEI (Programa Estadual de Imunização).