Candidato do DEM ressaltou que a cidade precisa de um prefeito bem preparado e “não aguenta novas experiências”. Raul falou também sobre ausência do eleitorado nas urnas. Dr Raul em entrevista à TV TEM nesta segunda-feira (16) em Bauru
TV TEM/Reprodução
O candidato Dr Raul, do DEM, vai disputar o 2º turno das eleições municipais de Bauru (SP) no próximo dia 29 contra a candidata Suéllen Rosim, do Patriota. O vereador Fábio Mafrinato, do PP, integra a chapa do Dr Raul como candidato a vice-prefeito.
Em entrevista à TV TEM nesta segunda-feira (16), o médico falou sobre os próximos dias de campanha e sobre o plano de governo que pretende implementar em 2021.
Dr Raul recebeu 53.299 votos no 1º turno, o equivalente a 32,80%. Ele disse que, a partir de agora “é como se fosse uma outra eleição”, pois o 2º turno envolve outras estratégias “para mostrar para a população quem está mais bem preparado para poder dirigir uma cidade como Bauru”.
Dr Raul vota neste domingo (15) em Bauru
Divulgação
“Isso precisa chegar para a população para eles verem que a experiência vai falar mais alto, as propostas de governo vão falar mais alto. Bauru não aguenta mais qualquer tipo de experiência, ela tem uma necessidade muito rápida de respostas rápidas para a geração de empregos e para área da saúde”, opinou o candidato.
Na manhã desta segunda-feira (16), Dr Raul foi atender no seu consultório e informou que vai discutir estratégias políticas para a nova campanha no período da tarde. Ele disse à TV TEM que estava com saudade do atendimento médico pois teve que ficar um pouco afastado nos últimos 15 dias para se dedicar à campanha política.
Propostas
O médico comentou que o seu plano de governo é um “plano pé no chão” e que a candidatura dele tem “apoio político do estado, da federação e de vários deputados estaduais que vão poder dar a maior guarida que a cidade precisa para poder caminhar no pós pandemia no ano que vem”.
Confira aqui o plano de governo do candidato Dr Raul.
Dr Raul também ressaltou a importância da propaganda política com o mesmo tempo de TV e rádio para os dois candidatos a prefeito no 2º turno, para que eles possam mostrar suas propostas para Bauru.
O candidato disse que ficou surpreso com a ausência do eleitorado nas urnas. Bauru teve um índice de abstenção de 30,46% (82.473 eleitores) nas eleições municipais deste ano, além dos moradores que votaram branco e nulo.
“Isso dá uma diferença muito grande e eu espero agora nos próximos 15 dias mostrar para essas 130 mil pessoas a necessidade da participação na votação porque isso pode fazer a diferença entre você ter um candidato mais preparado e menos preparado”, comentou o candidato.
Veja mais notícias das eleições na região.
Initial plugin text