Segundo a Prefeitura de Santos, há dois hospitais particulares com a ocupação máxima dos leitos de UTI disponíveis. Santa Casa de Santos vem registrando aumento no número de casos de Covid-19 desde o dia 12 de novembro
Divulgação Santa Casa de Santos
Os casos de coronavírus voltaram a subir gradativamente no último mês em Santos, no litoral de São Paulo. De acordo com a Prefeitura Municipal, um hospital particular está com a ocupação máxima dos leitos de clínica médica e outros dois, também privados, estão com a ocupação superior a 90%.
A cidade conta com 610 leitos para Covid-19, sendo 246 de Unidades de Tratamento Intensivo (UTI). Do total de leitos, 168 estavam sendo usados no dia 20 de outubro. Nesta terça-feira (17), pouco menos de um mês, a ocupação subiu para 281.
De acordo com a Secretaria de Saúde de Santos, entre os leitos de UTI, a ocupação é de 47%. Na rede pública, esta taxa é de 32% e, na rede privada, de 64%. Há dois hospitais particulares com a ocupação máxima dos leitos de UTI disponíveis.
O infectologista Leonardo Weissmann, diz que esse aumento no número de casos se dá, principalmente, pelo relaxamento nas medidas de precaução. “As pessoas estão cansadas, mas a pandemia não acabou. É preciso evitar aglomerações, usar máscaras corretamente sempre e higienizar as mãos com frequência, lavando com água e sabão ou usando álcool gel 70%”, explica.
A Santa Casa de Santos informou que vem registrando aumento no número de casos de Covid-19 desde o dia 12 de novembro. Na quarta-feira (17), o número total de internados pela doença chegou a 74, superando a média do mês de julho, fase em que a unidade registrava média de 68 internados por dia.
De acordo com o hospital, as maiores médias de internados por Covid-19 na instituição aconteceram nos meses de maio (99 internados/dia) e junho (104 internados/dia). Com o aumento de internados em novembro, a unidade remanejará os agendamentos de procedimentos cirúrgicos, exames e consultas ambulatoriais – exceto os casos oncológicos, para evitar uma possível transmissão.
O Hospital Ana Costa, também em Santos, abriu 14 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) exclusivos para pacientes com Covid-19 no início de novembro. Ainda, mantém estrutura para ampliação, se necessário.
Pandemia na Baixada
A Baixada Santista avançou para a fase verde do Plano São Paulo, plano estadual de combate ao novo coronavírus, no dia 9 de outubro, após apresentar melhora nos índices epidemiológicos.
A Prefeitura afirma que continuará com a fiscalização do uso de máscara em comércios, vias e transporte público. Ainda, reforçará pelos seus canais oficiais de comunicação a importância de se seguir todas as medidas protetivas recomendadas pelas autoridades sanitárias.
VÍDEOS: Confira os vídeos mais vistos do G1