Aplicação da primeira dose será neste sábado (14), das 9h às 18h, no Centro Esportivo do Trabalhador. Prefeitura alerta que convocação de crianças e adolescentes ainda não foi feita; mensagem falsa circula nas redes sociais. Indaiatuba (SP) convoca moradores com idade a partir de 20 anos para imunização contra Covid-19
Eliandro Figueira RIC/PMI
A Prefeitura de Indaiatuba (SP) anunciou, na manhã desta sexta-feira (13), a convocação de moradores a partir de 20 anos para vacinação contra Covid-19. A aplicação da primeira dose para esta faixa etária acontece neste sábado (14), das 9h às 18h, no Centro Esportivo do Trabalhador.
O ponto de imunização fica localizado na Avenida Conceição, 1.885, no Cidade Nova II. A Secretaria de Saúde do município orienta os moradores a realizarem o cadastro na plataforma Minha Vacina. Após o procedimento, o QR Code de confirmação será enviado ao e-mail cadastrado.
Para vacinação, é obrigatório apresentar o QR Code de convocação, um documento com foto (RG, CPF ou CNH) e comprovante de endereço (IPTU, conta de água ou luz) no nome da pessoa a ser vacinada. Caso não possua, pode ser apresentado contrato de aluguel ou documento que comprove o parentesco com o titular.
Dúvidas sobre o agendamento podem ser esclarecidas através dos números (19) 9 9779-3856 ou 0800-770-7702. A prefeitura também pede que os moradores respeitem o horário marcado para evitar filas e aglomeração.
Agendamento para adolescentes não começou
A administração municipal também publicou uma nota oficial para desmentir a convocação de crianças e adolescentes para a imunização contra Covid-19. O boato está circulando em redes sociais e aplicativos de mensagens.
De acordo com a prefeitura, o cadastro para este público não foi aberto por não haver, ainda, orientação técnica do Ministério da Saúde e do Governo do Estado de São Paulo sobre as comorbidades aceitas para o público desta faixa etária.
A Secretaria de Saúde reforça que o cadastro atualmente aberto para pessoas com idades entre 6 e 17 anos é para vacinação contra a gripe, e não para a vacinação contra a Covid-19.
VÍDEOS: tudo sobre Campinas e Região
d
Veja mais notícias da região em G1 Campinas