Atividade deste mês na Maternidade visa marcar o Dia Mundial da Prematuridade e incentivar a doação de leite humano. Atividade deste mês na Maternidade visa marcar o Dia Mundial da Prematuridade e incentivar a doação de leite humano
Prefeitura de Araraquara/Divulgação
Para marcar o 17 de novembro, Dia Mundial da Prematuridade, a Maternidade Gota de Leite realiza, em Araraquara (SP), o “Novembro Roxo”. Além de simbolizar a data, o mês também visa estimular a doação de leite humano.
Segundo a nutricionista Mayara Assoni, coordenadora do Posto de Coleta de Leite Humano da Gota, o roxo que ornamenta este mês a Maternidade simboliza que novembro é um mês internacional de sensibilização à prematuridade de bebês.
“Com a UTI Neonatal, a Gota de Leite é referência regional para gestação de alto risco, com registro de nascimentos de bebês prematuros”, afirma Mayara.
Doação
Hospital de Araraquara busca sensibilizar mulheres-mães sobre a importância da doação do leite materno
Prefeitura de Araraquara/Divulgação
Também em novembro, a exemplo de agosto, o hospital feminino busca sensibilizar mulheres-mães sobre a importância da doação do leite materno, por conta dos estoques baixos registrados na pandemia.
O leite humano é coletado nas casas das doadoras, dentro de todo o protocolo exigido pelas normas de saúde, e segue para o Banco de Leite Humano de Ribeirão Preto.
Depois de pasteurizado, o produto retorna à cidade e é distribuído prioritariamente para os nascidos prematuros na UTI Neonatal e para os bebês em geral internados na Gota de Leite.
Vale destacar que o Brasil está entre os 10 países do mundo em registros de nascimentos prematuros, com cerca de 340 mil bebês nascidos prematuramente por ano.
Em todo o mundo, os nascidos de forma prematura são considerados a principal causa de morte infantil até os cinco anos de idade.
Veja mais notícias da região no G1 São Carlos e Araraquara.