Segundo a Polícia Militar, uma equipe foi acionada após a mulher pedir socorro na rua Minas Gerais, em Cabreúva; caso foi registrado como estupro e será investigado pela Polícia Civil. Uma mulher deficiente visual denunciou que foi vítima de estupro após aceitar a ajuda de um homem enquanto caminhava pelo bairro do Jacaré, em Cabreúva (SP), na terça-feira (10). A vítima pediu socorro na rua Minas Gerais e, após a PM ser acionada, foi levada ao Hospital Universitário de Jundiaí, onde passou por atendimento médico.
De acordo com a Polícia Militar, a vítima relatou que saiu de casa na manhã de terça para pagar contas no bairro do Jacaré. Ao retornar para a casa, foi abordada por um homem que não conhecia e que ofereceu ajuda. Como costuma ser ajudada por conta da deficiência visual, ela disse que aceitou a assistência do homem.
Contudo, a mulher relatou aos policiais que só lembra que foi acompanhada do suspeito pela Rua Maranhão. Depois disso, acordou embaixo de um caminhão sem saber o local em que o veículo estava estacionado e sem a roupa íntima. A vítima também alegou que teve R$ 450 roubados de sua bolsa.
Ainda de acordo com a polícia, a ocorrência foi registrada no 1° DP de Cabreúva, onde o caso foi registrado como estupro e será investigado.
VÍDEOS: veja as reportagens do Bom Dia Cidade e do TEM Notícias
Veja mais notícias da região no G1 Sorocaba e Jundiaí