Com 20,72% dos votos, professora da USP vai disputar vaga no Executivo contra Duarte Nogueira (PSDB). No primeiro turno, ela prometeu uma gestão sustentável e participativa, tecnologias na educação, fortalecimento do SUS e fiscalização do contrato de concessão do transporte público. Com vaga no segundo turno em Ribeirão Preto (SP), a candidato Suely Vilella (PSB) comemorou o resultado e se disse confiante para a evolução da campanha na corrida eleitoral pela Prefeitura. Ela conseguiu 20,72% dos votos neste domingo (15) e vai seguir na disputa com o candidato Duarte Nogueira (PSDB), que teve 45,3% dos votos.
“A avaliação é muito positiva, estamos muito felizes com esse resultado, atingimos o nosso objetivo que era estar no segundo turno e temos aí um histórico, a evolução de nossa campanha é uma evolução crescente, temos uma tendência de crescimento e vamos consolidar esse crescimento no segundo turno”, disse.
Suely é professora titular da Universidade de São Paulo (USP) e foi a primeira reitora da história da universidade (2005-2009). Tem doutorado em ciências biológicas pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, e atuou em pesquisas nacionais e internacionais nas áreas de bioquímica e farmácia. É a primeira vez que ela disputa o cargo na Prefeitura.
Duarte Nogueira e Suely Vilela vão disputar 2º turno em Ribeirão Preto
Confira a apuração de votos em Ribeirão Preto
Veja como foi a votação dos candidatos a prefeito de Ribeirão Preto
Primeiro turno das Eleições 2020; FOTOS
Ela registrou candidatura em 25 de setembro, tendo Mateus Eduardo como vice, e declarou ao TSE ter R$ 1.931.083,42 em bens.
A candidata disse que vai se reunir com representantes da coligação para analisar a possibilidade de firmar alianças no segundo turno.
“A expectativa é boa e aproveito para pedir o voto de todos os eleitores que votaram nos demais candidatos no primeiro turno, que eles venham conosco para construir uma Ribeirão Preto menos desigual, com desenvolvimento econômico, emprego, renda e melhorar a qualidade de vida da nossa população”, afirmou.
Suely Vilela (PSB) vai disputar o segundo turno das eleições 2020 em Ribeirão Preto, SP
Divulgação
Propostas
Suely entrou na disputa com um plano que cita uma gestão dividida em quatro eixos, – funcional sustentável, sustentabilidade social, operacional estruturante e comunitário participativo – e propostas principalmente para desenvolvimento, saúde e educação.
Na saúde, defendeu mais recursos para fortalecimento do SUS com entes federativos e o fim do desmonte do quadro de médicos da rede pública, além de criar o programa “Fim da Fila”, que visa utilizar tecnologia digital para melhorar a rotina das equipes de saúde e evitar filas aos usuários.
Suely também prometeu, para o setor de educação, recorrer à tecnologia e novas metodologias para qualificar a rede pública e dar atenção à primeira infância. Além disso, citou programas como o “Mãe Coruja”, para reduzir doenças maternas e infantis, bem coo quer instituir, aos moldes de municípios geridos pelo partido, educação integral no ensino fundamental.
Na administração pública, prometeu integração de processos, incentivo à participação de conselhos e associações, além de uma Câmara de Gestão para otimizar recursos e levar aos bairros um gabinete itinerante para ouvir sugestões.
Questionada sobre a sustentabilidade das contas do Instituto de Previdência dos Municipiários (IPM), Suely afirmou que o equilíbrio está no início de um processo de recuperação financeira e que vai garantir a aposentadoria dos servidores.
Quanto à espera no transporte público, a candidata do PSB afirmou que é preciso fiscalização da Prefeitura em relação aos investimentos do contrato de concessão e prometeu providências para garantir o cumprimento integral das cláusulas assinadas em 2012.
Suely também disse que pretende integrar o Daerp e a Secretaria de Infraestrutura nos trabalhos como solução para os buracos nas ruas.
Como solução para a falta d’água, a candidata citou reservatórios elevados para garantir a vazão pela própria gravidade, e que vai substituir a rede de distribuição. Contra o déficit habitacional do município, se comprometeu a priorizar famílias de baixa renda, parcerias por moradias mais acessíveis, assim como residências do programa “Minha Casa, Minha Vida” e da CDHU.
Na cultura, ressaltou que quer uma central de projetos para fomentar atividades, além de preservar o patrimônio histórico.
Veja o resultado completo da apuração
Duarte Nogueira (PSDB): 115.724 votos – 45,87%
Suely Vilela (PSB): 52.266 votos – 20,72%
Chiarelli (Patriota): 27.511 votos – 10,90%
Cris Bezerra (MDB): 17.800 votos – 7,06%
Coronel Usai (PRTB): 17.455 votos – 6,92%
Machado (PT): 17.190 votos – 6,81%
Mauro Inácio (PSOL): 3.115 votos – 1,23%
Vanderley Caixe (PC do B): 669 votos – 0,27%
Emilson Roveri (Rede): 556 votos – 0,22%
Total: 298.508 votos
Válidos: 224.775 votos (75,30%)
Brancos: 16.000 votos (5,36%)
Nulos: 30.222 votos (10,12%)
Abstenções: 143.337 (32,44%)
Fique por dentro das Eleições 2020 na região de Ribeirão Preto
Initial plugin text