Vacinação é neste domingo (15) até às 13h em sistema drive-thru no Recinto da Fapi. Itápolis também vacina esse grupo a partir desta segunda-feira (16). Vacinação é realizada no Recinto da Fapi em Ourinhos
Adolfo Lima/ TV TEM
Ourinhos (SP) vacina a partir deste domingo (15) os adolescentes de 12 a 17 anos que tem comorbidades contra a Covid-19. A vacinação acontece até às 13h em sistema drive-thru no Recinto da Fapi.
Segundo a prefeitura, é necessário a apresentação de laudos, receitas e exames médicos para comprovar a comorbidade, que segue a mesma lista dos grupos de adultos. (Veja a lista completa de comorbidade abaixo).
Os adolescentes também devem estar com os documentos pessoais e comprovante de residência no nome dos pais ou responsáveis.
Além de Ourinhos, Quatá vacinou esse grupo neste sábado (14) e Itápolis irá vacinar os adolescentes com comorbidades e deficiência permanente nesta segunda-feira (16).
A aplicação pra este público será das 8h às 13h no Centro de Saúde, UBS Jardim Redenção e UBS Jacy Tucci; e das 8h às 11h nas UBS Tapinas e Nova América.
Para tomar a vacina é preciso apresentar relatório médico pra comprovar a comorbidade e a deficiência, além de RG, CPF, cartão SUS e comprovante de residência.
Lista de comorbidades:
Doenças neurológicas crônicas (que impactem na função respiratória, como síndrome de Guillain-barré e outras)
Paralisia cerebral, esclerose múltipla e condições similares
Doenças hereditárias e degenerativas do sistema nervoso ou muscular (Alzheimer, Parkinson, distrofia muscular espinhal)
Deficiência neurológica grave (epilepsia de difícil controle por medicamentos, paraparesia espádica familiar, traumatismo craniano permanente)
Neoplasias hematológicas (sem exigência de quimioterapia ou radioterapia)
Pacientes oncológicos
Doenças Cardiovasculares
Insuficiência cardíaca (IC)
Cor-pulmonale (alteração no ventrículo direito) e Hipertensão pulmonar
Cardiopatia hipertensiva
Síndromes coronarianas
Valvopatias
Miocardiopatias e Pericardiopatias
Doença da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas
Arritmias cardíacas
Cardiopatias congênitas no adulto
Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados
Diabetes mellitus
Pneumopatias crônicas graves
Hipertensão arterial resistente (HAR)
Hipertensão arterial – estágio 3
Hipertensão arterial – estágios 1 e 2 com lesão e órgão-alvo e/ou comorbidade
Doença Cerebrovascular
Doença renal crônica
Imunossuprimidos (transplantados; pessoas vivendo com HIV; doenças reumáticas em uso de corticoides; pessoas com câncer).
Anemia falciforme e talassemia maior (hemoglobinopatias graves)
Obesidade mórbida
Cirrose hepática
VÍDEOS: assista às reportagens da região
Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília.