Homem confessou que comercializava os medicamentos, além de receitas e atestados. Polícia ainda encontrou na casa carimbos com nomes de médicos e R$ 1,5 mil em dinheiro; parte dos produtos era de uso controlado. Homem de Campinas é detido por venda ilegal de remédios
A Polícia Militar apreendeu, na noite de segunda-feira (23), aproximadamente 300 medicamentos que seriam vendidos de maneira irregular em uma casa no Jardim São José, em Campinas (SP). Um homem de 56 anos confessou que comercializava os produtos e foi encaminhado à delegacia, mas liberado após prestar depoimento. A corporação ainda encontrou na residência talões de receitas, carimbos de médicos e R$ 1,5 mil em dinheiro.
Os remédios apreendidos na casa são usados em vários tipos de doenças, incluindo transtornos mentais e de ansiedade, que têm uso controlado. Também foram encontrados medicamentos receitados para o tratamento de pacientes com Covid-19, como ivermectina e azitromicina. A Polícia Militar chegou ao local por meio de denúncia anônima.
Além dos carimbos e receitas com nome e número do registro do Conselho Regional de Medicina (CRM) de médicos que supostamente trabalham no Pronto Socorro do São José e no Hospital Municipal Ouro Verde, a corporação também apreendeu atestados e documentos com o brasão da Prefeitura de Campinas.
Remédios eram vendidos de maneira irregular dentro de casa em Campinas
Reprodução/EPTV
Segundo a polícia, o homem guardava folhas de rascunho onde anotava o horário dos plantões dos médicos das duas unidades e confessou que realizava a venda baseado neste cronograma. As receitas e atestados eram comercializados por R$ 50, já o valor dos remédios variava de acordo com o tipo de cada um dos produtos.
O material foi apreendido e encaminhado para a perícia. O caso será investigado pela 2ª Delegacia Seccional de Campinas. A polícia ainda não sabe qual era a procedência dos medicamentos. “Pode ser um laboratório clandestino, pode ser falsificado, ele pode ser receptador de algum roubo de carga também”, disse o sargento da Polícia Militar Fábio Leão.
O suspeito pode responder por receptação de produto roubado, tráfico de drogas e crime contra a saúde pública.
Polícia apreendeu remédios, dinheiro, carimbos, atestados e receitas em Campinas
Reprodução/EPTV
VÍDEOS: mais assistidos do G1 nos últimos 7 dias
Veja mais notícias da região no G1