Ele foi preso em flagrante no Campo Belo, na Zona Sul da capital. A polícia apreendeu R$ 16 mil com o acusado, além de celulares, cartões de crédito em nome de terceiro e máquinas da cartão. Policia encontrou cerca de R$ 16 mil com o acusado.
Divulgação
A Polícia Civil prendeu nesta sexta-feira (14) um homem de 39 anos acusado de furtar cerca de R$ 37 mil de uma agência do Banco do Brasil no Aeroporto de Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo.
O homem é acusado de acessar dados bancários da agência no Terminal II do Aeroporto. Ele realizava saques, transferências e compras com dados das vítimas. As investigações foram conduzidas por agentes da 3ª Delegacia de Polícia de Atendimento ao Turista (Deatur).
Ele foi preso em flagrante após a realização de mais transferências em um hotel na Rua Vieira de Morais, no Campo Belo, na Zona Sul da capital. No local, os policiais apreenderam 406 cartões de crédito no nome de outras pessoas e sete em nome do autor, além de 101 chips de operadoras de telefonia, 10 talonários de cheques de bancos, 13 celulares, quatro pen drives, dois notebooks, peças de roupas, uma impressora, 24 máquinas de cartão e 99 envelopes diversos de correspondência, dois veículos e R$ 16 mil.
O acusado e a esposa foram levados para a delegacia. A mulher informou que sabia sobre os crimes praticado pelo marido, porém, não participava.
O homem foi indiciado por furto qualificado (com abuso de confiança, ou mediante fraude, escalada ou destreza) e preso. A esposa está sendo investigada.
Vídeos: Tudo sobre São Paulo e região metropolitana