Prefeito do PSDB, reconduzido ao cargo com mais de 50% dos votos, relembra dificuldades enfrentadas no primeiro mandato, destaca atenção redobrada com o coronavírus, mas mostra confiança na economia. Reeleito, Daniel Alonso se vê ‘mais preparado’ para comandar retomada pós-pandemia em Marília
TV TEM/Reprodução
O prefeito Daniel Alonso (PSDB), reeleito neste domingo (15) em Marília (SP) com 50,43% dos votos válidos, afirmou em entrevista à TV TEM que se sente “mais preparado” para o segundo mandato depois de assumir o Executivo mariliense em meio a grandes dificuldades.
Dentre as dificuldades, Alonso destacou a crise do lixo, no início do mandato, e na reta final uma crise hídrica e a pandemia de coronavírus que atingiu o mundo e afetou não apenas a área da saúde, mas a economia de todas as cidades.
“As dificuldades do primeiro mandato, quando pegamos a prefeitura em situação caótica, com a crise da coleta de lixo, a pandemia, o calor e a seca histórica, tudo nos deixou mais preparados para enfrentar o desafio de conduzir Marília para a retomada do crescimento na pós-pandemia. É claro que a pandemia não terminou, ainda precisa ser enfrentada, não podemos nos descuidar da estrutura de atendimento, mas estou confiante”, afirmou Alonso.
Prefeito Daniel Alonso, do PSDB, fala sobre a reeleição em Marília
O agora prefeito reeleito lembrou que, para o enfrentamento da pandemia, Marília desfruta de uma situação que ele considera confortável em termos de estrutura de saúde, com médias seguras de ocupação de leitos de UTI, em torno de 40% a 50%. A cidade tem 5,1 mil casos desde o início da pandemia, com 77 mortes.
“O segundo mandato será ainda muito desafiador, mas acreditamos no fim da pandemia, na retomada da economia, na geração de empregos, e tudo isso vai nos ajudar a ter os investimentos que nós precisamos fazer”, disse Alonso.
O prefeito lembra que, desde o início da flexibilização das atividades econômicas na cidade, em junho, a geração de empregos aumentou, cresceu a abertura de novas empresas, o que deixa a cidade, na sua visão, num bom momento para iniciar a retomada econômica.
Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília.