Município teve redução de 60% no número de novos casos da doença de junho para julho e, com isso, duas UBS’s irão voltar a atender outras demandas clínicas a partir de segunda-feira (16). Com queda da Covid, atendimentos nas UBS’s de Leme começam a voltar à normalidade
Duas Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Leme (SP) retomam os atendimentos de rotina, a partir da próxima segunda-feira (16), devido à redução da procura para tratamento de pacientes com Covid-19.
A cidade soma 14.861 casos de Covid, sendo 405 mortes.
Retomada de atendimento
As UBS´s dos bairros Jardim Empyreo e São Manoel atuavam como postos sentinelas, em que os atendimentos eram destinados exclusivamente aos pacientes positivados ou com suspeita da doença.
Assim, como a cidade registrou uma queda de 60% no número de novos casos do vírus de junho para julho deste ano (veja gráfico abaixo), ambas as unidades voltam a atender demandas clínicas de emergência e a tratar outras doenças.
Cirurgias eletivas
As unidades também retomarão a realização de cirurgias eletivas de baixa e média complexidade, referentes a procedimentos que já haviam sido agendados, porém, que estavam suspensos por conta da pandemia.
“As duas unidades estão retomando, a partir de segunda, as atividades rotineiras, como consultas médicas, odontológicas e de enfermagem, exames, testes e procedimentos cirúrgicos. Antes da pandemia, nós costumávamos realizar cerca de 90 cirurgias eletivas por mês e, com a retomada, a gente espera voltar a atender essa demanda”, explicou a coordenadora de atenção básica de saúde, Juliane Peliçari Pinotto.
A cidade de Leme
Reprodução/EPTV
Para realizar os procedimentos cirúrgicos, a coordenadora orienta os pacientes, que estão com as cirurgias agendadas e com todos os exames necessários em dia, a aguardar o contato da unidade de saúde para que a data e o horário da operação sejam marcados.
Juliane também recomenda que as pessoas que estejam com sintomas gripais e com suspeita de Covid-19 devem procurar o Pronto Atendimento Municipal (PAM), pois a unidade possui uma ala especializada no tratamento da doença para continuar atendendo a população normalmente.
Veja mais notícias da região no G1 São Carlos e Araraquara