Objetivo é aumentar o interesse na adoção de animais mais velhos; cães são treinados por universitários voluntários de uma universidade de Sorocaba (SP). Cães colocados para adoção passam por adestramento em Votorantim
Reprodução/TV TEM
Muitos animais que ficam para adoção acabam, muitas vezes, deixados nos abrigos. Conforme o tempo passa, eles envelhecem sem nunca terem tido a chance de ter um tutor. Para tentar mudar isso, o Centro de Controle de Zoonoses de Votorantim (SP) está oferecendo treinamento para adestrar os cães do local.
O CCZ já possui 25 animais a espera de um lar. Eles foram retirados das ruas em situação de sofrimento e com a saúde comprometida. Segundo a veterinária da Zoonoses de Votorantim, Evelyn Chiozotto, há dois animais que chegaram ao local em 2015 e outros que vieram na mesma época.
“Para a gente aumentar o interesse na adoção desses animais, que estão aqui há muito tempo, nós iniciamos esse projeto onde ensinam os comandos básicos para um animal: sentar, deitar, ficar”, explica.
Na tentativa de facilitar a adoção destes animais mais velhos, oito cães, com a média de cinco anos de idade, foram selecionados para o treinamento feito por estudantes de medicina veterinária de uma universidade de Sorocaba (SP). Antes, eles tiveram que estudar para se preparar para a tarefa.
A universitária e voluntária Gabriela Lopes explica que o trabalho segue a linha do adestramento positivo, onde o animal recebe recompensas mesmo quando não atinge o objetivo completo. “A gente dá uma recompensa com petiscos para eles associarem isso a coisas boas”, diz.
Cães colocados para adoção passam por adestramento em Votorantim
A também universitária e voluntária Gigliola Crabral diz que a recompensa do trabalho é o carinho recebido pelos animais.
“São super carinhosos. É a primeira vez que estou fazendo esse projeto e estou encantada. São muito espertos, muito inteligentes, muito amorosos e eu gostaria que eles fossem adotados, essa é a nossa finalidade”, relata.
O treinamento está completando um mês, mas alguns já obedeciam aos comandos desde o primeiro dia, afirmam as universitárias. Além disso, todos os animais do centro são vacinados, castrados e recebem vermífugo. Os cuidados são diários.
Adoções
Animais são treinados por universitários voluntários de uma universidade de Sorocaba (SP)
Reprodução/TV TEM
Os interessados em conhecer os animais podem agendar um horário pelo telefone (15) 3243-3807. As pessoas poderão participar de um encontro com o animal no espaço pet, existente no setor da Zoonoses para testar seu aprendizado e testemunhar sua alegria em atender aos comandos aprendidos.
Ao adotar um animal, o tutor vai assinar um termo de responsabilidade de adoção e guarda responsável. O setor da Zoonoses está localizado na Avenida Santo Antônio, 1.245 – Barra Funda.
Veja mais notícias da região no G1 Sorocaba e Jundiaí
VÍDEOS: assista às reportagens da TV TEM